ESTUDOS ELÉTRICOS

“Segurança em suas instalações elétricas!”

Os estudos elétricos são realizados com o objetivo de garantir que todo o sistema elétrico de uma instalação esteja funcionando corretamente, pois essas instalações estão sujeitas a anomalias, eventos Por isso, o sistema deverá estar projetado, regulado e comissionado para que estes eventos não causem grande prejuízos, seja por danos nas próprias instalações, da mesma forma, por paradas no processo contínuo de fornecimento de energia elétrica.
Então é importantíssimo que sejam realizados estudos elétricos de forma a prever o resultado destes eventos e mitigar soluções minimamente técnicas, acima de tudo para que não causarem efeitos danosos de grande monta ou mesmo acidentes até fatais.
O mais importante, podemos também, através dos estudos elétricos, prevenir acidentes aos envolvidos no sistema elétrico, como operadores e eletricistas manutentores através do correto dimensionamento das medidas de controle a serem adotadas aos riscos de choque e arco elétrico. O dimensionamento do  Arc Flash [arco elétrico] que cada local poderá gerar é obrigatório pela NR10 para possibilitar o dimensionamento do nível de proteção das vestimentas retardantes à chama que evitam queimaduras em trabalhadores.
Uma empresa que realiza estudos elétricos é bastante procurada por indústrias, concessionárias de energia, centrais geradoras de energia, investidores do ramo, dentre outros.

Estudo de arco elétrico (estudo de ATPV)

Existe perigo de arco elétrico sempre que o pessoal estiver fazendo manutenção em equipamentos elétricos no estado energizado. Um estudo de ATPV Estudo de Arc Flash [arco elétrico] é a determinação da energia incidente em cada painel em caso de um acidente que gere arco elétrico através de cálculos matemáticos baseados em normas técnicas e como resultado, poder especificar a medida de controle ao risco mais adequado para proteção dos profissionais envolvidos.  Uma possibilidade é a adoção das vestimentas retardante a chama, a vestimenta da NR10.

A NR-10 declara claramente que um estudo deve ser realizado para determinar esses valores de energia incidente (ATPV) de cada painel, para dimensionar adequadamente o EPI (vestimenta) garantindo a segurança dos seus trabalhadores.

  • Aumentar a confiabilidade da instalação, proteção do equipamento e segurança do pessoal
  • Cumpra os regulamentos NR-10 e evite uma multa

Estudo de curto-circuito (análise de falha elétrica)

O NBR-5410 e a NBR-14039 exigem que todos os dispositivos de interrupção de curto-circuito tenham classificações suficientes para a corrente que deve ser interrompida, por exemplo: não se pode instalar um disjuntor DIN que usamos em nossa residência na proteção de circuitos elétricos em QGBTs próximos a transformadores elétricos de potencia. O nível de Curto Circuite, ou seja, a capacidade do disjuntor DIN dele interromper uma corrente elevada é baixa e esse componente pode até explodir.

Uma falha grave (curto-circuito) pode ter consequências catastróficas em seu sistema elétrico. Os sistemas elétricos geralmente passam por mudanças sem consideração do nível de curto-circuito e das mudanças de classificação do equipamento. Novos edifícios e instalações não são imunes, e os níveis de falha podem variar entre sistemas e locais.

A definição de estudo de curto-circuito é um exame ou análise ou avaliação de um sistema elétrico para determinar a magnitude das correntes que podem fluir durante uma falha elétrica e comparar esses valores com as classificações dos equipamentos instalados e dispositivos de proteção contra curto-circuito. São abordadas as atividades relacionadas à análise de curto-circuito, incluindo considerações de projeto para novos sistemas, estudos analíticos para sistemas existentes, bem como considerações de validação operacional e de modelo para sistemas de energia industriais e comerciais.

Um estudo de falha de proteção de curto-circuito tem importância crucial em sistemas de energia. Sem realizar um estudo de curto-circuito, não podemos ir para a coordenação de proteção e o estudo de arco elétrico e é uma prática recomendada para qualquer instalação do sistema de energia.

Etapas no estudo de curto-circuito

As etapas gerais em um estudo de curto-circuito são as seguintes:

  • Coleta de dados em Campo
    A Eletro Alta Engenharia realizará um levantamento em campo das informações sobre todos os componentes instalados e diagrama unifilar. Dados adicionais são obtidos da as concessionárias de energia elétrica, fabricantes de componentes ou calculados a partir de dados de campo.
  • Diagrama unifilar
    Um diagrama unifilar do sistema de potência “as built”, além de obrigatório pela NR10, também nos mostra como todos os componentes estão conectados eletricamente. Dados adicionais necessários para o estudo, como impedância do cabo, podem ser obtidos com informações deste diagrama unifilar.
  • Análise de software
    Usando um software de análise de curto-circuito que possuímos, esses dados do sistema elétrico são inseridos, modelados e as correntes de curto-circuito em vários pontos do sistema são calculadas, gerando relatório e gráficos.
  • Resultados da tabulação
    A saída do software do sistema de energia é normalmente colocada em uma tabela para comparação com as classificações dos equipamentos no sistema. Se a corrente de curto-circuito calculada em um determinado ponto exceder a classificação de curto-circuito do equipamento instalado naquele ponto, esse local será sinalizado como inadequado. protegido.
  • Relatório final
    Um relatório detalhado descreverá o escopo do estudo, todas as suposições, a origem dos dados, os métodos usados ​​para calcular as correntes, os resultados tabulados e recomendações para ações corretivas são publicadas na conclusão do estudo.

Estudo de Coordenação e Seletividade

Os sistemas elétricos geralmente usam fusíveis, disjuntores e relés para proteger seus equipamentos elétricos. No caso de ocorrer uma falha, seria desejável que um curto-circuito afetasse apenas a parte do sistema elétrico onde a falha ocorreu, em vez de todo o sistema. Isto é, um curto-circuito em uma tomada do escritório deverá causar o desarme apenas do seu circuito, preservando a alimentação elétrica de outros pontos como a iluminação, por exemplo. Imagine agora em circuitos industriais de potencia: uma falha em uma alimentação de um motor, não poderá causar a interrupção elétrica de toda a indústria, pois o prejuízo seria maior.

Um Estudo de Coordenação e Seletividade de Disjuntores, Relés e Fusíveis é usado para analisar os tempos de disparo para uma série de dispositivos com sobrecorrente que estão sendo comparados, geralmente da fonte até o maior dispositivo do circuito ramificado. As curvas são uma representação gráfica logarítmica das características de desempenho dos dispositivos com uma tensão de base. Um estudo de coordenação e seletividade dos dispositivo de proteção mostrará os valores prováveis ​​e possíveis de correntes de falha dentro do sistema e o impacto que curtos-circuitos e falhas teriam em seus fusíveis, disjuntores e na operação de suas instalações.

Assim, comparando curva a curva de cada componente de proteção podemos ajustar sua atuação e assim conseguir que não ocorra maiores problemas do que o que ocorreu no circuito com falha.

Para que os estudos de coordenação sejam eficientes é necessário ter os seguintes critérios:
Seletividade: Atuar diretamente no problema isolando as demais zonas sem que haja desligamento da planta.
Rapidez: Deverá atuar no menor tempo possível para garantir a integridade das pessoas e equipamentos.
Segurança: Garantir que as partes defeituosas sejam desligadas com segurança.

Benefícios:

  • Aumentar a proteção do equipamento
  • Aumente a confiabilidade da instalação, limitando os efeitos de uma perturbação (falha / sobrecarga) a áreas menores dentro do sistema de distribuição.
  • Garanta a coordenação do dispositivo de proteção configurando os dispositivos de proteção para disparar em sequência.

Sobre o nosso serviço em estudos elétricos:

A Eletro Alta Engenharia oferece aos seus clientes, estudos elétricos confiáveis e eficientes resultados esperados.

Com o intuito de oferecer maior segurança aos trabalhadores envolvidos e confiabilidade do sistema de fornecimento elétrico.

Dentre os estudos elétricos que executamos, encontram-se:

  • Levantamento de Dados
  • Dimensionamento / Análise de segurança de malhas de terra de subestações e de sistemas industriais
  • Energia incidente e especificação de vestimentas resistentes a arcos elétricos
  • Estudo de Curto-Circuito Comprehensive (Balanced / Unbalanced)
  • Estudo de Curto-Circuito ANSI (Balanced / Unbalanced)
  • Estudo de Curto-Circuito IEC (Balanced / Unbalanced)
  • Estudo de Curto-Circuito DC
  • Estudo de Seletividade
  • Estudo de Harmônicos
  • Estudo de Estabilidade
  • Estudo de Rejeição de Cargas
  • Estudo de Coordenação de isolamento
  • Estudo de Energização de equipamentos
  • Estudo de Aterramento
  • Estudo de Fluxo de Carga (Load Flow / Power Flow)
  • Estudo de Power Flow DC
  • Estudo de Partida de Motores
  • Estudo de Confiabilidade
  • Estudo de Arc-Flash Evaluation
  • Estudo de Adequabilidade de Equipamentos
  • Estudo de Transitórios Eletromagnéticos de Chaveamento
  • Estudo de Transitórios Eletromagnéticos por Surto Atmosférico
  • Estudo de conexão de consumidores à Rede Básica, conforme padrões ONS / ANEEL (Estudo de curto-circuito, Load Flow e Estabilidade)
  • Estudo de Penetração Harmônica (Estudo para análise de comportamento harmônico do Consumidor Livre na Rede Básica).
  • Estudo de Campos elétrico e magnético
  • Estabilidade e rejeição de cargas para sistemas com cogeração local transitórios, eletromecânicos e eletromagnéticos
  • Laudos para aproveitamento de ICMS incidente sobre a fatura de energia elétrica
  • Inspeções, diagnósticos e recomendações para adequação de instalações industriais aos requisitos das normas NR-10 e NR-12
  • Estudos para novos acessantes à rede básica do Sistema Interligado Nacional (SIN), ou à rede de distribuição de energia, conforme Procedimentos de Rede do ONS e exigências do Ministério de Minas e Energia, tais como Parecer de Acesso e Estudos de Mínimo Custo Global
  • Estudos de eficiência energética
  • Estudos de viabilidade técnica e econômica para novos empreendimentos e modernizações de plantas existentes

Benefícios dos Estudos Elétricos:

  • A ampla gama de serviços ajuda a garantir a conformidade com a norma OSHA, como resultado  aumentar consideravelmente a segurança elétrica,
  • O uso de técnicas de ponta é garantido por meio da participação ativa em sociedades técnicas, como IEEE, e a colaboração com concessionárias de serviços públicos/indústrias, como resultado, a confiabilidade em nossos estudos,
  • Redução ou eliminação de prejuízos causados por eventos alheios como falhas operacionais ou materiais, como resultado, menores custos;
  • Prevenção de riscos de choques elétricos, como resultado, segurança de seus colaboradores;
  • Prevenção de trabalhadores envolvidos contra queimaduras causadas por arco elétrico;
  • Aumento considerável da continuidade do fornecimento de energia elétrica para o processo;
  • Eliminação de queimas de componentes ou equipamentos;
  • Atendimento a normas regulamentadoras evitando multas;
  • Maior informação sobre o seu sistema elétrico possibilitando estudos de aumento de consumo;
  • Segurança das instalações;
  • Redução de prêmios de seguro;
  • Verificação da influencia de novos equipamentos ligados no sistema.
  • Entre outras.